Convenção partidária em Igaporã, registra aglomerações e pessoas sem qualquer tipo de proteção contra o coronavírus

Centenas de pessoas foram ao evento, muitas sem máscaras e sem  manter distanciamento social. 

O que era para ser uma festa da democracia mistura com prevenção ao coronavírus, não foi visto na cidade de Igaporã, a 45 KM de Caetité na tarde da última quarta-feira(16/09).

A convenção partidária que definiu a candidatura de Neto e Romilce Lopes  pelo PT ao cargo de prefeito e vice da cidade, foi marcada com muitas aglomerações, falta de respeito as medidas de prevenção ao Covid-19 e inexistência  de qualquer tipo de fiscalização diante da situação.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram centenas de pessoas atrás de um paredão de som, dançando, aglomerados e  sem uso de máscaras. A passeata, misturada com carreata, seguiu até o clube Acre, no centro da cidade, onde foi realizada a convenção partidária, que contou com a participação até do atual prefeito Suly Fagundes. Suly sempre defendeu o isolamento social e por diversas vezes solicitou a população de Igaporã a praticar o isolamento social.  

Apesar de todo o movimento, toda a aglomeração, não houve qualquer tipo de fiscalização por parte da prefeitura municipal. Nos vídeos, é possível vê a falta de consciência e como os participantes do evento ignoraram  o fato de estamos em meio a uma pandemia. Idosos, jovens e crianças estavam no evento. 

Dentro do espaço do clube, não houve aglomeração, porém nas imediações e na porta do espaço, apoiadores do grupo político permaneceram até o final da convenção. 

Fontes consultadas pelo Radar 030, indicam que militantes do partido, incentivaram a participação popular, que resultou na grande aglomeração registrada na quarta-feira.

O Radar 030, tentou entrar em contato com o candidato Neto via Facebook, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos retorno. 

Dados apontam que a Justiça Eleitoral poderá punir ou penalizar candidatos que promovam aglomerações ou incentivem movimentos durante o pleito eleitoral que será realizado em meio a pandemia do novo coronavírus.

Segundo a Secretaria de Saúde de Igaporã, a cidade não tem casos ativos do Covid-19 e no total 24 pessoas foram infectadas pela doença, sendo que dessas três evoluíram para óbito. Na cidade 39 pessoas continuam sendo monitoradas por agentes de saúde.  Veja vídeo (Clique aqui)